Siga-me no Twitter em @vascofurtado

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

PRONASCI Nasce Morto para o Ceará

Inaceitável e revoltante a exclusão da Região Metropolitana de Fortaleza(RMF) como área prioritária para receber apoio do governo federal para programas de segurança pública e redução da violência, o chamado PRONASCI. Tenho minhas dúvidas da efetividade deste programa, mas de qualquer forma o Estado do Ceará precisa muito de ajuda do governo federal para avançar nas mudanças que o setor requer. Onze foram as áreas agraciadas pelo PRONASCI. Uma seleção escolhida a dedo: Belém - PA, Belo Horizonte - MG, Brasília e Entorno - DF, Curitiba - PR, Maceió - AL, Porto Alegre - RS, Recife - PE, Rio de Janeiro - RJ, Salvador - BA, São Paulo - SP e Vitória – ES. Para formar esse time, imagino quanto deve ter sido difícil para os técnicos do governo federal elaborar um conjunto de critérios que excluísse Fortaleza da convocação. Melhor pensando, talvez nem tenham se preocupado com isso. Ninguém vai reclamar mesmo! Eu conseguiria formular vários critérios que incluiriam a RMF no PRONASCI. Dentre eles a crescente criminalidade e violência entre jovens de menos de 25 anos que na RMF é crítica e que é a razão de ser inicial do projeto. Não gosto muito de discursos bairristas e dramáticos, mas nesse caso não dá para ficar calado. Nossa representação política nunca foi tão desmoralizada e nunca demonstrou tanta desmobilização. A mídia da mesma forma. Calada ficou e calada permanece. Depois da mobilização frustrada pró-siderúrgica, o PRONASCI é outro exemplo que nos leva a pensar que há algo não resolvido no Governo Federal em relação ao Estado do Ceará. É muita coincidência. Dá para desconfiar de que se trata de retaliação por divergências políticas do passado ou mesmo ações eleitoreiras de olho em 2010. Em um Estado pobre como o nosso e que deu uma maioria acachapante ao presidente sempre que ele se candidatou, isso tudo é lamentável. Um pequeno detalhe (que os fatos têm mostrado que é bem pequeno mesmo): prefeitura do mesmo partido do presidente e governo estadual de partido de apoio.

3 comentários:

Menezes disse...

Caro Vasco,

Tive a oportunidade de assistir uma entrevista com o Governador Cid Gomes onde ele explica que Fortaleza não foi incluída no PAC da Segurança neste momento porque as outras cidades escolhidas têm um nível de segurança pior que nossa Capital. Isto diverge das suas informações.

Vasco Furtado disse...

Nao diverge nao! Depende do que foi considerado nivel de seguranca. Eh ai que mora o perigo. Claro que o Governador estando na basea aliada, nao pode se posicionar firmemente como creio que ele mesmo gostaria. Resta engolir seco e fazer de conta que acredita nos crierios definidos.

paulo disse...

Professor,
concordo. A inclusao de Fortaleza seria algo natural; entao de fato, acho que os caras tiveram muito trabalho para achar um conjunto de criterios que a eliminasse (esse esforço merece os parabens).
Sendo assim, nao deve ser nada trivial trabalhar na equipe do Tarso Genro(ou seja la quem esteja a frente do pronasci).
Abraços,