Siga-me no Twitter em @vascofurtado

sábado, 7 de dezembro de 2013

Museu Perot de Ciência e da Natureza em Dallas


A passagem por Dallas permitiu que eu conhecesse mais um Museu de Ciência, o Perot Museum. Trata-se de diversão que naturalmente já tenho sempre que possuo oportunidades em viagens. Agora que estamos na CITINOVA começando a projetar um museu nesse estilo para Fortaleza, minha visita foi ainda mais especial.

O Museu foi inaugurado em 2013. Está com cheiro de novo! O prédio de seis andares(vejam foto abaixo) é belíssimo e está anexo a uma pequena floresta que faz parte do museu. Como a grande maioria dos museus americanos foi uma obra feita a partir de doações. A família Perot foi a principal doadora, mas se vê espaços patrocinados pela DELL, Texas Instruments e outras grandes multinacionais.

O conteúdo é riquíssimo como tudo mais. Vários experimentos interativos tornam a visita um deleite. As crianças têm oportunidade de correr, brincar, participar de jogos e de competições com cunho educador.

Os cinco andares de exposição ( o sexto andar é de adm) são :
-1 : Esportes, Espaço Criança e auditórios;
0 : Entrada e exibições especiais;
1: Vida, Ser Humano e Engenharia e Inovação;
2: Terra, Energia, Germes e Minerais;
3: Universo, Vida “now and then”, Pássaros.

Em todos os andares há vários experimentos interativos que são educativos. O uso de tecnologia é intenso. Muitas experiências interativas usam câmeras de captura de movimento para que os gestos do visitante se reproduzam em uma tela. Por exemplo, simulei o voo de um pássaro em um equipamento assim. Vejam o vídeo abaixo para entender como funciona.

No espaço esporte encontrei mais experimentos interativos sobre temas diversos. Há, por exemplo, uma raia de corrida com um telão adjacente à mesma onde o visitante pode comparar sua velocidade com animais como o Leopardo, o Tiranossauro ou uma Baleia. Pode ainda se comparar com atletas profissionais de alto rendimento. Os competidores virtuais fazem o percurso no telão. 

Nesse mesmo espaço minha imagem chutando uma bola de futebol e passando uma bola de basquete foi capturada. Pode-se depois disso comparar as imagens com a de profissionais. Tudo isso em super slow motion o que dá um efeito muito legal (vejam o vídeo abaixo).

Minha visita ocorreu na segunda-feira. Muitas crianças acompanhadas por pais ou avôs estavam presentes. Fortaleci a convicção de que um museu como o Perot tem um impacto importante na vida de uma criança/jovem que o visita. Vê-se por suas feições o entusiasmo pela descoberta que a participação em cada experimento causa.

A carência brasileira em museus, em especial os de ciência, simboliza nosso atraso em termos educacionais. Cabe-nos combate-lo.

video


video


video

                                                    Fachada principal do Museu

Nenhum comentário: